Clérigos é acessível

Clérigos é acessível

Clérigos Acessível

No passado dia 3 de dezembro de 2015, às 14h30, a Torre dos Clérigos inaugurou o percurso acessível e um espaço que simula a magnífica vista da Torre dos Clérigos, destinada a pessoas com mobilidade condicionada.

Para a Irmandade dos Clérigos e para a cidade do Porto, o evento contou com a presença do Presidente da Câmara  Municipal do Porto, Dr. Rui Moreira, do Presidente da Irmandade dos Clérigos, Padre Américo Aguiar e da Provedora Municipal dos Cidadãos com Deficiência, Arq. Lia Ferreira.

A escassos dias do aniversário da Torre dos Clérigos, este foi um momento histórico na longa vida do Ex-Líbris do Porto, uma vez que este novo espaço, caracterizado por ser um posto de perceção multissensorial, simula a experiência de subida à Torre, agora acessível e disponível a todos os nossos visitantes. Pode, finalmente, comemorar-se a união entre Património, Culto, Cultura e Inclusão.

A Sala A+ é composta por um corpo cilíndrico, no qual estão dispostos, de acordo com a orientação real da Torre, sete monitores, transmitindo em tempo real a circunstância. Sendo tecnologia touch screen, os visitantes podem ainda tocar nos edifícios principais visíveis nas imagens e receber informações adicionais. Para lá chegar, os visitantes podem usufruir de um elevador que se desloca até esta sala, no quarto andar. 

Este é um exemplo que fica na história de que é possível fazer mais e melhor, por todos, quando se unem esforços e entusiasmo no mesmo sentido.

Neste mesmo ano de 2015, a empresa Places4All, certificou o complexo da Igreja, Museu e Torre dos Clérigos com a classificação de 86% acessível a pessoas com mobilidade condicionada. 

Desta forma, o ex-líbris emblemático do Porto, não para por aqui: em parceria com a Faculdade de Engenharia do Porto e a Câmara Municipal do Porto, está a desenvolver uma aplicação para smartphone para que este visitante tenha uma experiência mais imersiva ao Património da Irmandade dos Clérigos - mais info aqui.